Se você está aqui agora é porque talvez não entenda nada sobre cheque administrativo, ou precise tirar algumas dúvidas. Entenda como funciona essa opção e tenha mais segurança na hora de passar seu cheque.

O que é Cheque Administrativo?

É um cheque emitido com seus valores preenchidos e o fundo já aprovado pelo banco ou correntista. Por já ter o saldo garantido, se torna mais seguro para quem o recebe.

Para o que serve?

Imagine que você vai comprar um carro de outra pessoa e ela quer o valor integral pago em cheque. Se você pediu um empréstimo para conseguir pagar o veículo e na hora de repassar para o vendedor pode emitir um cheque administrativo.

Quando você pede esse tipo de cheque para o banco, ele já garante tenha o valor exato para que seja descontado. O que traz mais segurança para negócios como este.

Como emitir o cheque?

Para conseguir o cheque, você precisa ir ao caixa do banco, ou direto com o seu gerente. No caso do cheque administrativo, você não precisa emiti-lo necessariamente no banco que você tem conta corrente.

Quais dados são necessários?

  1. Nome completo do beneficiário que receberá o cheque;
  2. Nome do banco, número da conta corrente e agência que ele tem conta;
  3. O valor do cheque.

Esses dados são necessários porque o cheque administrativo também é um cheque nominal, já que é emitido para quantias acima de R$ 100.

É cobrada alguma taxa?

Sim, os bancos solicitam uma taxa por emissão do cheque. Cada banco define o quanto vai cobrar, confira os valores dos principais bancos do país.

  • Santander – R$ 31,60
  • Bradesco – R$ 28,90
  • Itaú – R$ 24,00
  • Banco Original – R$ 25,00
  • Banco PAN – R$ 40,00
  • Crefisa – R$ 20,00

Para conferir demais empresas credoras, acesso o Banco Central do Brasil.

Segue que é sucesso!
Cheque pré-datado: O que é e como funciona?
Cheque devolvido: motivos e veja como regularizar
Como Depositar Cheque: entenda os procedimentos

REVISÃO

5 características do cheque administrativo

  1. O cheque é preenchido pelo próprio banco;
  2. Para emissão do cheque, o valor deve ser entregue para quem vai emiti-lo. Exemplo, o empréstimo tem que ser depositado antes de emitir o cheque administrativo;
  3. É um modo seguro de transação por cheques, muito utilizada na compra de produtos de alto valor, como imóveis, carros, por exemplo;
  4. O cheque administrativo não pode ser sustado (cancelado) após ser repassado ao beneficiário;
  5. É um tipo de cheque cada vez menos utilizado, devido à facilidade das transferências bancárias.

FICA A DICA

Se você quer ter mais segurança antes de fechar um negócio, descubra a situação da empresa, ou pessoa, no mercado de crédito. É só clicar no botão abaixo e conferir o Você Consulta!

[cta texto=”Acesse agora!” url=”www.voceconsulta.com.br”]

E aí, curtiu o texto? Deixe nos comentários! 🙂

Consulte grátis o seu Serasa Score!

VEJA AGORA SUA PONTUAÇÃO.

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora