Abrir busca Fechar busca Botão de Menu
como economizar dinheiro

Como saber se meu FGTS está sendo depositado?

Aprenda a consultar o saldo do seu fundo de garantia

Em março deste ano, o governo começou a liberar o saldo das contas inativas do FGTS para os trabalhadores desligados até dezembro de 2015.

Uma excelente notícia para quem precisava organizar despesas, quitar dívidas ou realizar algum projeto pessoal.

Mas tá, como saber se meu FGTS está sendo depositado?

É, a felicidade durou pouco para 7 milhões de brasileiros que, ao procurarem a Caixa Econômica Federal para fazer seus saques, descobriram que seus empregadores simplesmente não haviam efetuado os depósitos. O prejuízo aos trabalhadores soma R$ 24,5 bilhões.

Se você foi lesado, ainda pode buscar na Justiça o valor não depositado nos últimos cinco anos. E, mesmo que não tenha FGTS inativo a receber, deve consultar seu saldo regularmente e ir atrás de seus direitos se observar alguma irregularidade.

Veja como consultar o saldo do seu FGTS

Como saber se meu FGTS está sendo depositado serasa ensina

Descubra se a empresa deposita seu FGTS corretamente

Todos os empregadores são obrigados a depositar, em conta bancária vinculada ao FGTS, um valor correspondente a 8% do salário de cada trabalhador. O depósito deve ser feito até o dia 7 de cada mês. Quando este não for um dia útil, o recolhimento deve ser antecipado. Se você está ou já esteve empregado com carteira assinada, por lei, tem direito a esse benefício. A melhor maneira de saber se seu FGTS está sendo depositado é consultar o extrato do seu FGTS. Como consultar esse extrato? É simples:

Para conhecer e sacar seu saldo do Fundo de Garantia inativo:

O que fazer se o empregador não estiver pagando seu FGTS

Ao acessar o extrato, você poderá ver todos os depósitos realizados mensalmente. Compare as datas dos depósitos com o período de trabalho em cada empresa.

O que fazer se o empregador não estiver pagando seu FGTS serasa ensina

Caso note que falta algum depósito no extrato do seu FGTS:

As orientações acima também valem para o FGTS inativo. Caso ele não tenha sido depositado, você pode entrar na Justiça para recuperar os valores dos últimos cinco anos.

Cuidado com golpes

Com a liberação do saque do FGTS, bandidos criam um novo golpe envolvendo as contas inativas. A armadilha para roubar os dados pessoais começa com o envio de um SMS.

O consumidor clica no link e vai para um site falso muito parecido com o portal da Caixa Econômica. O truque é bem parecido com diversos outros tipos de golpe com CPF. Veja como o golpe do FGTS parece com o site real e proteja-se:

Veja também:
Golpe do FGTS: 4 dicas para se proteger
Como limpar o nome na Serasa

Continuar lendo
Imagem do autor
Editora do Serasa Ensina e apaixonada por Educação Financeira ver artigos

Não encontrou o que procurava?
Deixe abaixo sua sugestão de pauta:

Ver comentários