Muitas pessoas olham para as dívidas, para o extrato bancário, e pensam “não vai dar, não vou conseguir!”. É um sentimento ruim, mas estou aqui para falar que é possível sair da dívida mesmo com a renda curta. Com os juros rolando, uma dívida que antes cabia no seu bolso pode ficar bem maior que sua renda. É uma situação delicada, mas é possível quitar suas pendências.

O fundamental neste momento é saber exatamente o quanto você deve e se organizar para conseguir pagar. Dê uma olhada nas dicas abaixo que você vai entender melhor.

Encare a situação e se planeje

Quando estamos nesta situação é difícil aceitar que isso se tornou um problema e que está nos atrapalhando. É preciso aceitar o problema e ter determinação para trabalhar com ele. Então, você deve criar um planejamento para conseguir juntar dinheiro para iniciar seu processo de negociação da dívida. Sem se planejar, você não vai saber exatamente de onde levantar esse dinheiro, nem o valor total da dívida para fazer a negociação.

Saiba o valor total de cada uma das dívidas

Você precisa separar todas suas dívidas e levar o valor de cada uma delas. Saber o valor inicial da pendência e quanto ela está agora que os juros estão correndo. Ao saber essa informação, você vai conseguir calcular quanto precisa para negociá-las.

Já consultou seu CPF hoje?

Consulte grátis o CPF

Organize suas contas e saiba onde economizar

Depois de separar suas dívidas, é a hora de separar suas contas, as despesas mensais. É importante que você saiba tudo que gasta por mês, para organizar o que é essencial, extra e o que você pode dispensar para economizar.

As contas essenciais, como aluguel, ou prestação da casa, condomínio, conta de água, luz, alimentação, educação. Não tem muito o que mexer, não é? Mas você pode encontrar alternativas mais baratas. Economizar um pouco, em tudo que você consome, ajuda a você ter uma sobra para pagar suas pendências.

Segue que é sucesso!
10 dicas para economizar dinheiro no dia a dia
6 dicas para economizar água e energia
10 maneiras de economizar no supermercado

Renegocie seus débitos

Esse é momento de você encontrar uma solução para diminuir o valor da sua dívida. Você pode tentar uma negociação através do Serasa Limpa Nome, nossa plataforma de negociação. Lá você encontra, ofertas de descontos, opção de parcelamento e consegue ver quanto de custo tem isso para você.

Para viver essa experiência da melhor forma, siga o passo a passo para negociar pelo Limpa Nome.

Segue que é sucesso!
Como trocar dívida cara por barata e diminuir os juros?
10 dicas para controlar as finanças
10 passos para sair das dívidas

Trocar dívida cara por dívida barata

Caso o valor das suas parcelas ainda esteja muito alto, você pode optar por uma dívida mais barata. “E o que é isso?” Você pode pegar um empréstimo pessoal ou consignado para pagar a dívida mais cara e ficar com parcelas menores, além de juros menores. Afinal, o que faz uma dívida ser tão cara é a porcentagem de juros incluída nela.

Quanto eu posso comprometer minha renda?

O ideal é limitar o gasto com dívidas em 30% da sua renda com despesas extras ou dívidas, como empréstimos. Mais do que isso, é quase um suicídio financeiro, você pode se apertar tanto, que leve a uma nova negativação por não conseguir honrar o pagamento.

E aí, aprendeu o que precisava para fazer seu dinheiro sobrar e sair da dívida? Apesar de não ser uma tarefa fácil, se você se organizar direitinho é possível.

Conheça também nosso canal no Youtube 🙂

Confira nosso canal

Faça a faxina nas suas contas!

NEGOCIE GRÁTIS SUAS DÍVIDAS

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora