Abrir busca Fechar busca Botão de Menu
nome limpo

Cheque sem fundo: o que pode acontecer?

Confira as consequências para quem passa um cheque sem fundo

No primeiro semestre deste ano, mais de 5 milhões de cheques foram devolvidos por falta de fundos. No mesmo período de 2016, foram mais de 7 milhões devolvidos.

Os números são do Indicador Serasa Experian de cheque sem fundo. Eles mostram uma redução na quantidade de cheques devolvidos pela segunda vez por não terem fundo.

Os motivos dessa redução são a queda da inflação e dos juros, além do dinheiro das contas inativas do FGTS. Os economistas da Serasa afirmam que a inadimplência com cheques chegou ao menor patamar dos últimos dois anos.

O Nordeste é a região que teve mais cheques devolvidos por falta de fundos no primeiro semestre deste ano. Já o Sul teve o menor percentual. Entre os estados, o Amapá está na liderança com a devolução de 17,76% dos cheques compensados. Do outro lado, São Paulo teve o menor percentual entre os estados, com 1,69%.

Cheques sem fundos - Serasa Ensina

O que acontece se eu passar um cheque sem fundo?

Se um cheque seu for apresentado duas vezes ao banco e não tiver fundos para ser quitado, o seu nome vai para o CCF (Cadastro de Emitentes de Cheque sem Fundo). Com isso, o banco vai ser proibido de te dar novos talões de cheque.

Além disso, a instituição financeira também pode decidir se encerra a sua conta. E outros bancos podem se recusar a abrir uma conta para você. Essa restrição pode deixar ainda mais difícil o seu acesso ao crédito. Ou seja, mais bancos e lojas podem negar seus pedidos de empréstimos, crediários e cartões.

Como saber se meu nome está no CCF?

Uma forma de saber se você está no CCF é ir a um dos endereços do Banco Central, com um documento de identidade que contenha o CPF. Também é possível fazer essa consulta diretamente com os bancos que emitiram os cheques.

Outra forma de ser informado assim que o nome é incluído no CCF é com a assinatura do Serasa Antifraude. Este é um dos vários acompanhamentos realizados pela ferramenta que monitora o seu CPF em tempo real.

Como funciona o Antifraude, o serviço de monitoramento de CPF da Serasa

E no caso de conta conjunta?

Se o cheque sem fundo for de uma conta conjunta, o nome do titular do cheque será incluído no CCF. Antes de 2006, eram os nomes dos dois. Agora, apenas o titular é incluído no cadastro.

E se o cheque devolvido é de uma conta encerrada?

Antes de devolver o cheque por conta encerrada, o banco tem a obrigação de checar o pagamento. Ele tem que verificar a assinatura, se não foi fraudado e se não prescreveu, além de outros procedimentos de segurança. Se a inclusão no CCF foi indevida, você precisa pedir a exclusão ao banco que emitiu o cheque. E ele não poderá cobrar nenhum valor por essa exclusão.

Lembre-se de pedir ao banco um recibo da carta de solicitação. Guarde esse documento para comprovar que você solicitou a exclusão. Agora que você já sabe as consequências para quem passa cheque sem fundo. Que tal checar se existe alguma pendência no seu CPF?

Consulte grátis o seu nome

Continuar lendo
Imagem do autor
Editora do Serasa Ensina e apaixonada por Educação Financeira ver artigos

Não encontrou o que procurava?
Deixe abaixo sua sugestão de pauta:

Ver comentários