Muitas pessoas usam o cheque especial em momento de emergência financeira quando os gastos ultrapassam o salário. Isso acontece porque é um crédito que já está liberado na sua conta e não precisa de solicitação para o uso. Mas o lado ruim é que a taxa de juros do cheque especial é uma das mais altas do mercado. E, em pouco tempo, esse crédito vira uma bola de neve se não for usado com moderação.

Algumas mudanças nos juros de cheque especial foram anunciadas. A taxa dos bancos será reduzida e passa a ter um limite máximo de 8% ao mês. Essa é considerada uma boa redução, já que a média anterior dos bancos era de 12%. Vale lembrar que isso equivale a uma taxa de juros de 150% ao ano.

Isso significa que mesmo com essa redução, o cheque especial continua sendo um dos créditos mais altos. Outra novidade é uma tarifa adicional de até 0,25%, que passa a ser cobrada para aqueles que quiserem ter um limite superior a R$ 500 no cheque especial.

O ideal é não precisar utilizar esse limite, já que os juros são tão altos. Mas se você precisa de um crédito de emergência, você pode escolher um com taxas de juros melhores. Seja porque se complicou na hora de fechar as contas ou aconteceu algum imprevisto, confira as dicas.

Linhas de crédito mais baixas do que o juros do cheque especial

Empréstimo consignado

É o primeiro da lista por ser o empréstimo mais barato atualmente. Seus juros podem variar entre 1,22% e 6,27% ao mês. Bom, não é? Isso acontece porque o consignado tem suas parcelas descontadas diretamente do seu salário, então é quase um empréstimo com garantia.

Empréstimo com garantia

Se tem um carro ou imóvel, você pode solicitar o empréstimo com garantia de bens. Isso reduz bastante as taxas de juros. Assim como o consignado, o banco sabe que vai receber o dinheiro. Por isso, confia em reduzir os juros do empréstimo para que pegue uma quantia favorável. Seus juros estão em média 1,5% ao mês.

Empréstimo pessoal

Dependendo do valor que você precisa, o empréstimo pessoal é uma alternativa. Por não ter garantias, os bancos fornecem o dinheiro a juros mais altos do que os demais, em média de 4% ao mês. Não são os mais baixos dentre os empréstimos, mas ainda são mais em conta do que o cheque especial.

Essas são três alternativas para você evitar o cheque especial e pagar menos juros aos bancos. Quem é cliente Caixa teve essa redução, mas os demais bancos mantiveram os juros em alta. É mais vantajoso buscar um empréstimo do que usar o cheque especial pela praticidade.

Segue que é sucesso!
Tipos de Crédito: Qual é o ideal para você?
Empréstimo com garantia de veículo. 10 fatos!
Empréstimo consignado com garantia do FGTS

Empréstimo Online

Se você quer solicitar um empréstimo sem sair de casa e comparar para saber qual tem a menor taxa de juros, basta acessar o site do Serasa eCred e ver se tem uma oferta ideal para o seu perfil. No site, você consegue comparar valor de parcelas, taxas de juros e CET (custo efetivo total).

De quanto você precisa?

R$ 150 R$ 30.000

Em quantos meses quer pagar?

6 meses 48 meses

Parcela mensal aproximada

R$
Estamos considerando as taxas médias oferecidas pelos parceiros.

Fuja dos juros do cheque especial. Para saber mais dicas sobre crédito pessoal, se inscreva no Canal do Serasa Ensina.

As melhores ofertas de crédito pessoal!

COMPARE GRÁTIS

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora