Abrir busca Fechar busca Botão de Menu
conseguir crédito

Quais taxas de empréstimo podem ser cobradas?

Saiba o que entra na conta além de juros e tarifas

Quando você busca crédito, você dá mais atenção ao valor da parcela ou aos juros? Você sabe quais taxas de empréstimo podem ser cobradas no empréstimo? E você leva em consideração o CET?

O que é CET?

Eu explico! CET é o Custo Efetivo Total. Ele leva em conta não só a taxa de juros, mas todas as tarifas, tributos, seguros e despesas que o consumidor tenha que pagar por causa do financiamento ou empréstimo.

A comparação entre empréstimos diferentes tem que ser feita usando o CET. Porque um empréstimo pode ter juros menor, mas cobrar uma tarifa e um seguro mais caros.

Os juros são livres. Isso quer dizer que cada banco ou financeira pode escolher qual será a taxas de empréstimo que vai cobrar do consumidor.

Por isso é muito importante pesquisar e comparar as opções disponíveis no mercado. Ou seja, CET com CET.

Simule e compare empréstimos agora!

Tarifas e encargos

Em relação às tarifas ou encargos que compõem esse CET, você precisa ficar de olho no IOF e no seguro. O IOF é um imposto federal, a sigla significa Imposto sobre Operações Financeiras.

Esse imposto é cobrado nos empréstimos, em operações de câmbio, nos seguros, e também nos títulos e valores mobiliários, que são tipos de investimentos.

Outra taxa de empréstimo que podem ser cobradas é a tarifa de cadastro. Cada empresa pode definir se vai cobrar por isso ou não e qual será o valor que o consumidor deverá pagar.

Além dos impostos, tarifas e dos juros, o empréstimo também pode ter algum tipo de seguro, em caso de desemprego ou óbito do consumidor. Esse valor também deve fazer parte do CET.

Ok! Agora estou sabendo todas as taxas que podem ser cobradas no empréstimo ou financiamento.
Mas será que tem alguma coisa que não pode ser cobrada?

Sim, tem! Se você pedir um empréstimo, e a empresa exigir um depósito antecipado, fique atento! Isso pode ser um golpe. Se você está precisando de dinheiro, não vai pagar antes de receber, certo?

Por isso, a orientação é nunca fazer nenhum depósito inicial para obter empréstimos, principalmente, se esse depósito for em contas de outras pessoas, em vez de contas de empresas.

Além de pesquisar e comparar entre os empréstimos, faça as contas e veja se o pagamento do empréstimo vai caber no seu orçamento. O ideal, é que ele não ocupe mais de do que 30% da sua renda líquida mensal, ou seja, do dinheiro que cai na sua conta.

Agora, a dica final

Tem alguma ferramenta que já faça todas essas comparações e me fale qual é o melhor empréstimo? Sim, é o Serasa eCred, uma ferramenta da Serasa que compara ofertas de crédito, e diz qual é a ideal para você, e o melhor, de forma gratuita.

De quanto você precisa?

R$ 150 R$ 30.000

Em quantos meses quer pagar?

6 meses 48 meses

Parcela mensal aproximada

R$
Estamos considerando as taxas médias oferecidas pelos parceiros.
Continuar lendo
Imagem do autor
Editora do Serasa Ensina e apaixonada por Educação Financeira ver artigos

Não encontrou o que procurava?
Deixe abaixo sua sugestão de pauta:

Ver comentários